O Início De Tudo

A História Do Primeiro Poema

 O dia era 26 de março de 2013, há exatos cinco anos atrás, estava eu sentado em meu lugar na sala de aula, logo após o recreio, já meio entediado em meio àquela exaustiva aula de química ministrada por uma ótima professora, porém, eu não estava nem um pouco no clima. Nós nunca sabemos quando algo vai acontecer, e na maioria das vezes as coisas são tão espontâneas que julgamos já estar tudo planejado e premeditado por Deus no roteiro de nossas vidas. Foi isso que eu julguei ser naquele momento, quando naquela manhã de terça feira, escrevi de forma tão repentina e nada planejada, o meu primeiro poema intitulado “Amor Em Quatro Atos”, inspirado em fatos cotidianos vividos por mim e fruto de um momento de extremo tédio, muito engraçado não é?! Entretanto, disso podemos retirar uma lição valiosa para toda uma vida: é nos momentos mais improváveis que as soluções, tal como as oportunidades, ou até mesmo algum talento (como foi no meu caso), podem aparecer e surpreender tanto você quanto as pessoas à sua volta. Viva o poder da arte e a sua capacidade de alcançar a todos independente das distancias! Sou grato pela poesia ter me escolhido.

Sou Fruto Da Minha Própria Inspiração!

 Sou alguém que sente o mundo de outra forma, e procura enxergá-lo e encará-lo sempre com um olhar diferente, sobre uma perspectiva nada comum à maioria, negando os preconceitos, quebrando as barreiras, resgatando os valores. Sinto tremer meu peito, pois, os sentimentos cavalgam a galope dentro de mim, e cada um demonstra à sua maneira, e a minha maneira de demonstração é a escrita. Alguns, apenas deixam que eles percorram todo seu corpo sob a forma de um ligeiro arrepio, já outros, apenas permitem que lágrimas frias, porém, carregadas de sentimentos significativos e calorosos, rolem pelos seus rostos, num balé único de sensações que apenas quem sente, sabe como são de valor incalculável.

 Alguns, com ligeira ponta de loucura, vão além, e se atrevem a se aventurar pelo mundo da arte, criando historias, poemas, textos, enfim, qualquer coisa que permita-o sair de seu mundo físico, para perambular pelo imaginário vasto, e não poucas vezes confuso e desorientado, machucado, portando em suas mãos apenas uma caneta borrada, uma pena velha, um pedaço de papel surrado, ou simplesmente um gravador, ou qualquer coisa que sirva de registro dos pensamentos. Na mente a confusão vai aos poucos se organizando e as palavras vão se acertando, dando forma à criação. Confesso que sou um destes, e diariamente desconto minhas raivas, mágoas, contrariedades e aflições numa folha de papel, por intermédio da inspiração. Quando me sinto acuado, nada melhor, que transformar meus sentimentos desorganizados, em versos delirantes àqueles que admiram a poesia, e apaixonados que fazem de meros versos escritos à mão, uma trilha sonora executada com maestria para acompanhar a história de seus amores sejam eles conturbados ou duradouros.

 Mesmo que seja um momento triste, nada mais gratificante que a poesia exista para de certa forma acalentar um coração que sofre, seja por saudade, mágoa ou até mesmo aquele amor não correspondido, para explicar de um modo que não compreendo, a dor que sinto naqueles momentos. Para compartilhar as minhas ideias, e até ajudar outras pessoas, se é que sou útil para tal feito, divulgo poema por poema, texto por texto, com imenso orgulho e gratidão, ressaltando ainda, através de versos combinados, os sentimentos mais detalhados que se passam no coração de um cara que está à beira da loucura, e então, sem frescura ou preconceito, faço surgir daquele jeito, uma ideia de reconciliação entre o meu eu, e o eu que há muito achei que já havia perdido.

 Se reconciliar com seu coração, é reconciliar-se consigo mesmo, vendo que sofrer daquele jeito, é pura bobagem, já que a vida é muito curta para se carregar a até o fim a culpa daquele erro cometido lá no passado, e sofrer pelas pessoas, pois, elas não merecem. Nada é mais gratificante, do que amar e ser amado, respeitar e ser respeitado, viver e ficar feliz, grato pela saúde, pela família, por ter amor ao nosso lado. Se organizar, é buscar fazer com que as suas ideias tenham algum sentido e impacto positivo em sua própria vida. Expresse tudo através de palavras, elas são a minha “arama” e ao mesmo temo, meu “escudo”.

Deixe a poesia guiar você, e permita que através dela, o seu amor também encontre a entrada.

Anúncios

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑